domingo, 25 de outubro de 2009

Carta de Dom Anuar Battisti aos Jovens - Parte 1

O meu desejo, querido jovem, é encontrá-lo na paz. Tenho muitas coisas para partilhar com você. Gostaria de receber um minuto de sua atenção, de abrir o meu coração de pastor e bispo, e dizer aquilo que penso da juventude.

Antes de tudo, acredito em você e reconheço a dificuldade da Igreja para entendê-lo na sua natureza mais profunda. Quero com esta carta dialogar e propor um caminho de santidade, sem renunciar ao seu direito de ser jovem. Tenho dentro de mim muitas coisas para lhe falar, e sei que você tem também muitas outras a me falar. Quero estabelecer entre nós uma relação de afeto e amizade, como dois amigos que se amam e, sem motivo especial, simplesmente se encontram para falar de si mesmos. Meu desejo mais sincero é estar ao seu lado e partilhar um pouco de minha experiência de fé e humanidade.
Não se incomode por eu ser o bispo. Ao ler esta carta, imagine-me um amigo que já caminhou um pouco mais e quer apenas indicar um caminho seguro.

1 - CHAMADO À VIDA

Você, querido jovem, tem nas mãos o maior presente de Deus, que é a vida, para poder viver e fazer dela a sua felicidade. A vida é dom de Deus. Isto significa que cada um de nós tem uma missão divina neste mundo. Ninguém nasceu ao acaso nem como fruto da distração de Deus. Se estamos aqui é porque Ele tem para nós um plano de amor, porque “Deus é amor, e quem permanece no amor, permanece em Deus” (1Jo 4,8). A felicidade se constrói com dons divinos – amor, esperança, fé, sinceridade, vocação, compromisso com o outro etc. Não dá para ser feliz ignorando a vida como dom de
Deus. Em nosso tempo dilacerado por maldades e egoísmos, muito se propõe a felicidade, mas não a verdadeira felicidade. Não posso deixar você à mercê das coisas do mundo, da violência, da morte, das drogas, dos vícios...
Estas coisas não geram vida, apenas morte e, por consequência, infelicidade. Como não me preocupar com você quando ouço dizer que nos próximos dez anos, trinta e cinco mil jovens morrerão vítimas das drogas? Que bonito ver jovens, como você, apaixonados pelo bem, querendo mais, descobrindo os seus dons, buscando a felicidade em Deus, construindo com suas capacidades um mundo melhor, criando relacionamentos verdadeiros sem querer nada para si mesmos, mas sendo felizes fazendo felizes os outros. Você, jovem, é a maior riqueza da comunidade.
Quero com você ser uma comunidade jovem, alegre, participativa. Esta carta escrevo pensando em você; quero contar com você sempre. Você tem um valor infinito, custou a vida de um Deus, que por mim e por você morreu na cruz. Você pode ser a alegria de Deus. Por isso, descubra em sua própria vida o dom que Ele colocou em você.


Um comentário:

priscilinha_loiola@hotmail.com disse...

Dom Anuar Battisti meu nome é priscila loiola sou de ivatuba li a sua carta para os jovens (um caminho a construir)e gostei do que li espero que outros jovens leia tambem e goste e faça abrir os olhos igual fez a mim agradeço a Deus por colocar pessoas como voce que ore por nós jovens e faz de tudo para dar o melhor e que Deus te ilumine em todo seu caminho como bispo e como um grande amigo com meus sinceros carinhos e abraços te deixo um grande beijo e um grande OBRIGADO...